Home / Cases de sucesso

Fisioterapeuta Kleber Barbão completa 12 anos na seleção brasileira de futsal nos amistosos preparatórios para a Copa do Mundo

Expansão

Fisioterapeuta Kleber Barbão completa 12 anos na seleção brasileira de futsal nos amistosos preparatórios para a Copa do Mundo

12 de abril de 2024 s 10:26
Expansão

Desde 2013 sendo convocado, o fisioterapeuta maringaense estará com o Brasil na Lituânia para os amistosos diante da seleção da casa, França e Ucrânia entre os dias 13 e 16 de abril

Nos próximos dias 13 a 16 de abril, a Seleção Brasileira de futsal irá realizar três amistosos preparatórios para a Copa do Mundo da modalidade, que acontece no Uzbequistão em setembro deste ano. Os jogos serão na Lituânia contra a seleção local, contra a França e a Ucrânia.

Um dos profissionais que integram a delegação do Brasil, o fisioterapeuta Kleber Barbão, completa 12 anos da sua primeira convocação, que foi em 2013. O profissional, natural de Maringá, no Paraná, é um dos mais longevos da atual seleção.

Com influência na evolução do setor de fisioterapia na seleção brasileira de futsal, desde sua primeira convocação, Barbão se diz feliz e agradecido pela confiança em seu trabalho e explica que com a ajuda de outros profissionais, os resultados e a estrutura de trabalho para os atletas evoluíram.

“A minha primeira convocação foi em 2013, mas em 2012 houve um primeiro contato do professor Edson Nogueira, dizendo que meu nome era cotado, conversamos, enviei o meu currículo e a convocação veio no início de 2013. De lá para cá muita coisa mudou, desde a parte estrutural, administrativa, passaram algumas comissões técnicas e fico muito feliz em ter tido a confiança de todos e continuar realizando o trabalho com evolução”, explicou Barbão.

Atualmente a seleção de futsal também está sob gestão da CBF, mudança essa que ocorreu em 2021, e para o profissional, a mudança colaborou para melhorar a performance em quadra. “Acredito que a última mudança colaborou para que a seleção tivesse mais estrutura para performar da melhor forma. Atualmente temos uma equipe, somos em três fisioterapeutas, com o Valter e o Wilson Júnior na base e contamos com um staff que tem um preparador físico, um fisiologista, um médico, um auxiliar técnico, um supervisor e o treinador. Para o mundial talvez teremos mais integrantes na comissão técnica”, disse o fisioterapeuta.

Mesmo há 12 anos coordenando a fisioterapia do staff, Barbão ainda tem planos para o futuro com a seleção. “Acredito que sempre podemos melhorar, evoluir e pensar no resultado final para o nosso país. E uma das evoluções que penso é a implantação de novos processos, junto com os demais integrantes da comissão, para facilitar e otimizar o nosso trabalho com mais resultados, sempre com a supervisão do Marquinhos Xavier”, projetou Klebinho, como é conhecido.

No dia 13, o Brasil enfrenta a França, às 13h30min (horário de Brasília). Na sequência, encara a Ucrânia no dia 15, às 11h, e a Lituânia no dia 16, às 14h30min.